Saúde pública: ácidos orgânicos no combate aos microrganismos nocivos

Os ácidos orgânicos são hoje amplamente utilizados na indústria agroalimentar e um dos seus objetivos é atuar sobre microrganismos nocivos à saúde pública, como as do gênero Salmonella.

Ácidos orgânicos têm sido uma das principais ferramentas de controle da salmonelose, principalmente após restrição legislativa e barreiras comerciais quanto à utilização de antibióticos (promotores de crescimento químicos) impostas por países europeus, agora com proporções globais.

De acordo com o médico veterinário, responsável pela Pesquisa & Desenvolvimento da Sanex, Ricardo Hayashi, é uma alternativa natural que não gera resistência sobre os microrganismos como os antibióticos, melhora a saúde intestinal, evita mobilização do sistema imunológico da ave e tem sua eficácia comprovada por diversos estudos há muitos anos. “É de conhecimento geral a importância e potencial dos ácidos orgânicos, juntamente com probióticos, prebióticos, extratos e óleos vegetais, que hoje são ferramentas que auxiliam no controle e prevenção de enfermidades bacterianas”, frisa.

“Para o sucesso do controle da salmonelose é imprescindível conhecer informações epidemiológicas da bactéria e, assim, estabelecer medidas corretivas e preventivas de acordo com a necessidade”, ressalta.

Experimentos

Foram realizados diversos experimentos in vivo pela Sanex, no controle de Salmonella spp.  Via água, o Acidificante Solúvel Sanex (ácidos cítrico e fumárico) demonstrou significativa redução de Salmonella Enteritidis no papo de frangos (gráfico 1).

Gráfico 1

Para tratamento de ração, o produto NeoAcid (blend de ácido fumárico, cítrico, lático e fórmico), além de demonstrar desempenho zootécnico equivalente à avilamicina (antibiótico promotor de crescimento), atuou na redução de Salmonella Enteritidis e outros sorotipos recentes (Salmonella Minnesota) nos cecos e em suabes de cloaca.

Recentemente, Sanex e UFPR publicou um trabalho científico sobre a influência positiva no uso dos ácidos orgânicos em relação à imunidade das aves. O trabalho relata a atuação dos ácidos orgânicos sobre a eliminação de bactérias como a Salmonella Enteritidis de forma eficaz antes mesmo da infecção pela mucosa intestinal. Com isso, as aves permaneceram em equilíbrio imunológico, não mobilizando nem utilizando reservas de energia para respostas contra agentes sanitários específicos. Dessa maneira, a ave possui maior disponibilidade de nutrientes para ganho de peso e produção de ovos. (Fonte: Sanex)

Conheça a Sanex

A Sanex Comércio e Indústria Veterinária Ltda, sediada em Curitiba (PR), opera por meio de duas unidades de negócios sinérgicas: Sanex Saúde Animal e Sanex Saúde Ambiental. Ambas as unidades são responsáveis em suas respectivas áreas pela pesquisa, desenvolvimento, produção, comercialização e assistência técnica das linhas de produtos. As atividades da empresa começaram em 2003 e hoje a equipe é composta por profissionais que atuam há mais de 20 anos no mercado veterinário e possuem ótima formação e competências.

A Sanex foi mais uma vez classificada no ranking das pequenas e médias empresas que mais cresceram no Brasil nos últimos três anos, segundo pesquisa da Revista Exame PME e consultoria Deloitte (2011). Nesta edição a Sanex ficou no 73º lugar entre 250 empresas. Em 2010 a Sanex foi classificada no 75º lugar entre as 200 empresas que mais cresceram no Brasil. A premiação consagra o sucesso da gestão estratégica da Sanex, baseada em pessoas, inovação e qualidade.

Há outras conquistas que também orgulham a equipe Sanex: Prêmio Paranaense da Qualidade em Gestão (PPrQG) na categoria Nível I – Compromisso com a Excelência (novembro de 2011), o prêmio Internacional de Marketing e Negócios na categoria Saúde Animal que foi entregue em julho de 2010 e o Prêmio Top of Quality 2009, na área de produção animal, outorgado pela Ordem dos Parlamentares do Brasil, onde mais de 4 mil empresas em todo o Brasil foram analisadas.

Informações no site www.sanex.com.br

Informações de Assessoria de Imprensa da Sanex.

Anúncios

Sobre Adriane Bainy

Pesquisadora do Observatório de Prospecção e Difusão de Tecnologia da Federação das Indústrias do Estado do Paraná – FIEP
Esse post foi publicado em Nutrição Animal e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s